whatsapp banner

Pôr do sol sobre Lisboa, visto do distrito de Alfama.Vamos adivinhar, você tem vontade de conhecer a Europa, mas nunca pensou em visitar Portugal. A França, a Itália, a Espanha e o Reino Unido, com certeza estão em sua lista de destinos dos sonhos, mas você sempre se esquece desse "pequeno" país bem de frente para o Atlântico. Como você se atreve a fazer isso com o país que deu origem ao nosso? Bem, estamos prestes a fazê-lo mudar de ideia, e para isso listamos abaixo 7 razões para visitar Portugal e 1 para não visitar. Nosso objetivo é que você sinta vontade de conhecer o país, antes mesmo de terminar esse texto. Vamos começar?

1. TEM UM DOS POVOS MAIS RECEPTIVOS DA EUROPA

Grupo de turistas fazendo uma selfie na cidadeToda pessoa que tenha viajado para Portugal pode atestar que os portugueses são um dos povos mais calorosos da Europa. Eles são prestativos, agradáveis e recebem os turistas, não só os brasileiros, de braços e sorrisos abertos. Se você costuma viajar com crianças pequenas, vai notar que as senhorinhas mais idosas, em todos os restaurantes, ficarão loucas com elas, ao ponto de as vezes até quererem pegá-las no colo. Ah, e para nós brasileiros, não há nenhuma dificuldade em se comunicar com os lusitanos, e normalmente eles compreendem bem as nossas diferenças linguísticas.

 

2. A GASTRONOMIA PORTUGUESA É VIDA, EM ESPECIAL AS SOBREMESAS.

Pastéis de Belém, uma das mais tradicionais sobremesas de PortugalEmbora os peixes, como o bacalhau, e outros frutos do mar, sejam o que mais atrai os turistas na gastronomia portuguesa, para nós há outra parte tão charmosa quanto, o menu de bebidas e doces.

Pasteis de Nata, também conhecidos como Pasteis de Belém, são a sobremesa mais popular do país, e é algo único, pois a receita original é um segredo de família com quase 200 anos. Além disso, sobremesas bem conhecidas no Brasil, como o Arroz Doce, tem sua origem, e um sabor especial, nas terras d´além mar. Além de doces como Serradura, Toucinho do Céu, Cavacas e Aletria.

Leia também: 5 MOTIVOS QUE FARÃO DE LISBOA O SEU PRÓXIMO DESTINO

As bebidas são um caso especial, por preços bem razoáveis é possível apreciar vinhos e licores de qualidade excepcional. Um dos tesouros escondidos é uma bebida chamada ginjinha, um licor feito com uma fruta chamada ginja, uma espécie de cereja selvagem, como falam os próprios portugueses. Em algumas cidades ela ainda é servida em copos de chocolate comestíveis... hmmm... hmmm...

 3. AS PRAIAS SÃO UMA GRANDE SURPRESA

Praia na cidade de Albufeira no distrito de AlgarvePor que as praias em Portugal são tão especiais para serem consideradas uma grande surpresa, você poderia perguntar?

Para começar, Portugal é um país abençoado com uma costa toda voltada para o oeste, o que significa que você pode testemunhar um por do sol espetacular sobre o horizonte do Oceano Atlântico.

Para aqueles que procuram mais do que apenas assistir ao por do sol, Peniche, Alentejo, perfeitos para surfar. Além de Nazaré com umas das maiores ondas "surfáveis" do mundo.

A melhor parte, no entanto, é que mesmo o litoral tem muitas opções de lazer. Enquanto Setubal, Lisboa e as cidades bem na linha do litoral, oferecem praias e um ambiente litorâneo bem ao estilo "vibe da natureza", as praias de Açores tem areias escuras vulcânicas. Já a Costa Vicentina tem águas indomadas e selvagens, enquanto o Algarve tem falésias que parecem cair diretamente nas águas do mar.

Como dissemos, muito especial.

 4. UM PAÍS IMPRESSIONANTEMENTE BONITO

Todos sabem que as praias portuguesas são dignas de ilustrar os mais belos cartões postais. Mas não é apenas isso - todas as cidades em Portugal têm seu próprio encantamento.

Enquanto Lisboa é a cidade que primeiro lhe vem à mente, Óbidos tem um charme medieval que funciona como uma máquina do tempo e instantaneamente o transporta para o passado. Há até hotéis rurais, se você quiser realmente mergulhar neste túnel do tempo. Por outro lado, as estradas para o Porto estão cheias de belezas naturais e outras maravilhas. As plantações de uva, que parecem não ter fim, fazem você sentir que o verão está realmente vivo. Para ver a beleza urbana, pode-se dirigir, por exemplo, para Setubal - o litoral aqui é realmente um sonho, com praias e portos incríveis.

Mas se você estiver disposto a se aventurar um pouco mais, as Ilhas dos Açores (especialmente a Ilha de São Miguel) oferecem vistas de lagos rodeados por penhascos íngremes, campos em vários tons de verde e ilhas vulcânicas de tirar o fôlego.

 5. AHHH... E ENTÃO, LISBOA!

Turistas observando Lisboa do alto do mirante de São Pedro de Alcântara em MiradouroLisboa é pura arte. A cidade é a 2ª capital mais antiga da Europa, ficando atrás apenas de Atenas, capital da Grécia. Ela figura ainda na lista das 15 cidades, continuamente habitadas, mais antigas do velho continente, onde a maioria, são gregas. Roma foi fundada 29 anos depois da última cidade dessa lista. Madrid, Paris e Londres, por exemplo, nem são citadas.

Embora todos os distritos de Lisboa, que nós brasileiros conhecemos como bairros, tenham seu próprio charme, os telhados de cor laranja e as casas nas colinas são uma atração à parte. A praça comercial amplamente aberta atua como o local perfeito para observar o vai e vem das pessoas. Os pavimentos são cobertos com designs de paralelepípedos que parecem incrivelmente "psicodélicos" e todos os seus museus estão muito bem conservados. A arte nas ruas cobrem a maioria das paredes que não têm muita vida e as roupas penduradas nas janelas dão uma nova aparência ao dia-a-dia das ruas.

Além disso, a arquitetura tem detalhes tão excêntricos que você não conseguirá evitar de reservar um tempo para só para observá-la e ficará se perguntando o que há por trás de tanta inspiração.

Lisboa, de fato, é um tesouro a ser bem explorado.

 UM PARÊNTESE: A SEGUNDA CAPITAL MAIS ANTIGA DA EUROPA.

Almendres - O sítio provavelmente era um círculo adjacente a uma elipse quando foi construído (Ebora Megalithic)
Apesar de não localizado em Lisboa, o monumento megalítico de Almendres, nos arredores de Évora, cidade próxima à capital lusitana, é cerca de 5.000 aC - 2.000 anos mais antigo do que Stonehenge, sítio inglês com características semelhantes, mais uma prova da importância histórica desse país ibérico.

Os primeiros habitantes se estabeleceram nas terras de Lisboa por volta do ano 1.200 aC. Os assentamentos permanentes dentro e ao redor da cidade moderna datam de cerca de 2.500 aC, mas detalhes sobre seus habitantes são escaços. Uma população fenícia certamente viveu lá desde 1.200 aC, fato comprovado por escavações arqueológicas perto do Castelo e Catedral de São Jorge. O Castelo Hill foi povoado na Idade do Ferro, do sexto ao oitavo século, e mais tarde a cidade foi conquistada pelos mouros, que entraram na Europa a partir de Marrocos e estabeleceram um califado islâmico. O futuro da cidade foi alterado quando um grande terremoto a atingiu em 1º de novembro de 1755, destruindo dois terços de seus edifícios, e matando entre 30.000 a 60.000 pessoas de um total de 180.000 habitantes. Hoje, Lisboa é uma capital vibrante. Suas ruas pavimentadas e íngremes, percorrem todos os arredores do rio Tejo. A cidade tem uma excelente cena gastronômica e cada um de seus distritos tem sua própria personalidade. (Fonte: The Telegraph)

 6. UM DOS PAÍSES COM OS CUSTOS MAIS BARATOS DA EUROPA

Almoço tradicional português - sardinha grelhada - no terraço de um restaurante com vista para a praia em Algarve.Uma das melhores partes de viajar para Portugal é o fato de que ela é significativamente mais barata do que a maioria dos outros países europeus. Você consegue realizar tudo o que você quer em suas férias - relaxamento, vistas pitorescas, exuberante gastronomia, excelentes serviços e uma tremenda vitalidade cultural - tudo por uma fração do custo das outras principais capitais européias. O que significa que, se você decide, tanto viajar com sua família, quanto fazer uma viagem individual ou dar uma escapadela romântica, não vai quebrar o seu caixa.

 7. VOCÊ SE SENTIRÁ EM CASA

Turistas sorrindo em um parque

Se você visita Portugal por um dia, uma semana ou um mês, toda a sua experiência - os lugares, o clima, a comida, as pessoas e a cultura, crescerão dentro de você na forma de um calor no coração que durará pelo resto de sua vida.

E se você viajar pela segunda vez, acabará se sentindo em casa.

 

 

 

 

Finalmente chegamos à única razão pela qual você não deve visitar Portugal:

 

1. UMA VEZ EM PORTUGAL, VOCÊ NÃO VAI QUERER IR EMBORA.

Casal aproveitando a vista do oceano de um penhasco no Algarve.Uma vez que você tiver realmente experimentado Portugal, você não vai querer partir tão cedo: você terá surfado as ondas mais surpreendentes, acordado nos melhores lugares e com as vistas mais incríveis, devorado os mais deliciosos pratos, degustado os melhores vinhos da casa e conversado com pessoas agradáveis e educadas.

E mesmo que você tenha que partir - porque sejamos honestos: até as experiências de viagem mais surpreendentes um dia acabam - você vai finalmente entender o porquê dos portugueses e brasileiros compartilharem essa palavra única do idioma português: a saudade. Então você sentirá uma saudade imensa em relação ao país, seu povo, seu incrível clima e cultura.

 Quem mais estaria preparado para proporcionar uma experiência inesquecível em Portugal do que a Zeos Travelling, a única agência de viagens do interior de Minas Gerais com filial no continente europeu. Aqui nós não dizemos até em breve Portugal, e sim, bem-vindos à Portugal! Vem com a gente! (Clique aqui para solicitar um orçamento). Não deixe de comprar o seu seguro de viagem internacional, obrigatório para viajar para a Europa.

Você já esteve em Portugal e não quis partir? Compartilhe sua história conosco através do email Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. Quem sabe ela será publicada aqui em nosso blog.

#VEMCOMAGENTE #VEMCOMAZEOS

Seguro de Viagem

Faça a cotação e compre online o seu seguro de viagem nacional ou internacional